Pico Gaspar


As marcas do vulcanismo açoriano encontram-se um pouco distribuidas pelas nove ilhas. Todas elas possuem aspectos paisagísticos que permitem inferir o tipo de actividade vulcânica ocorrida no passado.
O Pico Gaspar situa-se na zona centro-W da ilha Terceira, mais precisamente, 2.242ºN latitude e 115.375º W longitude, tendo 597 metros de altitude.
Este apresenta um cone estrombiliano, de idade muito recente, possivelmente da ordem 1200 anos D.C., resultante de uma erupção piroclástica secundária da Serra de Santa Bárbara. A sua forma cónica nitida e vertentes tão inclinadas são características de um cone de escórias basáltias soldadas.
É um cone onde se pode descer ao interior da caldeira para ir ao encontro de uma vasta flora natural. Podem ser observadas várias espécies endémicas tais como, Juniperus brevifolia, Ilex perado ssp. azorica, Euphorbia stygiana, Cardamine caldeirarum, entre outras. É tambem possivel contornar este pico, apreciando toda a paisagem e flora luxuriante, tal como os dois algares existentes que enriquecem o local.


Estagiaria-L: Susana Gonçalves

2 comentários:

Emanuel Barcelos disse...

Muito fixe Susana!
Esse é um lugar que eu gosto bastante...até já acampei dentro.lolol

Continua com o teu trabalho, que decerto dará resultados muito interessantes!

Parabéns e muita força!

Maria Irene Henriques disse...

De um breve e simples texto conseguiste traduzir o meio envolvente do Pico Gaspar... Parabéns!