Pesquisar neste blogue

A carregar...

Convocatória Assembleia Geral


Convocam-se todos os associados a participar na Assembleia Geral ordinária a realizar no dia 11 de Outubro de 2015 pelas 15:00 horas na sede, sita ao Forte Grande de São Mateus da Calheta - Angra do Heroísmo.
  
Ordem de trabalhos:

1 - Apresentação de listas e respectivo programa de intenções;
2 - Eleição de novos corpos sociais para o biénio de 2015/2017;
3-Outros assuntos.

As listas deverão ser submetidas por e-mail (gequesta@gmail.com) até 7 de Outubro de 2015.
  
Se à hora marcada não estiverem presentes o número de sócios suficientes para a Assembleia Geral, esta funcionará trinta minutos mais tarde com qualquer número de sócios.

O Presidente da Assembleia Geral

José Gaspar Rosa Lima


Assembleia Geral



Convocam-se todos os associados a participar na Assembleia Geral ordinária a realizar no dia 22 de Fevereiro de 2015 pelas 15:00 horas na sede, sita ao Forte Grande de São Mateus da Calheta - Angra do Heroísmo.



Ordem de trabalhos:

1-Apresentação de relatório de actividades e de contas;
2-Eleição de novos corpos sociais para o biénio de 2015/2017;
3-Outros assuntos.




As listas deverão ser submetidas por e-mail (gequesta@gmail.com) até 15 de Fevereiro de 2015.



Se à hora marcada não estiverem presentes o número de sócios suficientes para a Assembleia Geral, esta funcionará trinta minutos mais tarde com qualquer número de sócios.

O Presidente da Assembleia Geral

José Gaspar Rosa Lima


ONU confronta as causas do Aquecimento Global

A UNEP (United Nations Environment Programme) é uma agência das Nações Unidas que coordena as  actividades ambientais e assiste países em desenvolvimento na implementação de políticas e práticas ambientais.

http://www.unep.org/default.asp )

As suas actividades cobrem assuntos variados que dizem respeito à atmosfera, a ecossistemas marinhos e terrestres, governo ambiental e economia verde.
A UNEP teve um papel significativo:
No desenvolvimento de convenções ambientais internacionais;
Na divulgação da ciência e informação ambiental, ilustrando como estas podem ser implementadas com políticas;
Assistindo o desenvolvimento e a implementação de políticas com governos nacionais, instituições regionais e organizações ambientais não governamentais.
A UNEP também se mantêm activa com o subsídio de projectos de desenvolvimento relacionados com o ambiente.

Em Junho de 2010, o Painel Internacional da Gestão Sustentável de Recursos da UNEP publicou o relatório  "Assessing Environmental Impacts of Production and Comsumption" que declara a necessidade de uma mudança global de dieta (para uma alimentação não derivada de produtos animais) de modo a salvar o mundo da fome mundial, da escassez de combustíveis fósseis e dos impactos mais alarmantes do aquecimento global.
Com as previsões do aumento populacional para 9.1 mil milhões de habitantes até 2050, os gostos ocidentais de uma dieta rica em carne e produtos derivados de animais torna-se insustentável.

O relatório declara que ''As expectativas dos impactos da agricultura são o seu aumento substancial devido ao crescimento populacional aumentar o consumo de produtos animais. Ao contrário dos combustíveis fósseis, é difícil encontrar alternativas: as pessoas têm que comer. A redução significativa dos impactos só será possível com uma mudança global de dieta para alimentos não derivados de animais.''

O professor Edgar Hertwich, autor principal do relatório afirma que ''Os produtos animais causam mais danos que minerais de construção (produção) como a areia ou cimento, plásticos ou metais. A biomassa e a colheita para alimentação animal são tão destrutivas como (queima de) combustíveis fósseis.''
O painel de cientistas catalogou produtos, recursos, transporte e actividades económicas de acordo com os seus impactos ambientais. A agricultura está a par com o consumo de combustíveis fósseis devido ao facto dos dois aumentarem exponencialmente com o aumento do crescimento económico.

A agricultura, particularmente a pecuária e os seus derivados, representa o consumo de 70% da água potável, 38% do uso de terras e 19% das emissões globais de gases de efeito estufa (dos quais 44% é na forma de metano)

No ano 2009 a Organização de Agricultura e Comida das Nações Unidas declarou que a produção animal terá de aumentar em 70% ate 2050 para alimentar as gerações futuras. O painel diz também que a eficiência da agricultura será soterrada com o aumento da população.

Para uma leitura mais aprofundada do relatório encontre aqui a versão PDF:
http://www.greeningtheblue.org/sites/default/files/Assessing%20the%20environmental%20impacts%20of%20consumption%20and%20production.pdf )

e para mais informação adicional:
Abordagem às mudanças climáticas através da pecuária - FAO (Organização de Agricultura e Comida das Nações Unidas)
http://www.fao.org/docrep/018/i3437e/i3437e.pdf )


Cavar na Horta II

Diário fotográfico de trabalhos na horta.

Fruta 

 Casa-de-banho seca

Couves

 Cenouras



  
 Estufa -Laranjo


"Limpeza"












Construção de camalhões e plantio de cebola e batata doce

Limpeza de invasoras 

"Magic Laia"